segunda-feira, abril 23, 2018

MONUMENTO 4

PRAÇA DR. AUGUSTO GONÇALVES 
LUMINÁRIA
DÉCADAS 50/60


Detalhe para o chafariz
De fato, o que sobrevive não é o conjunto daquilo que existiu no passado, mas uma escolha efetuada quer pelas forças que operam no desenvolvimento temporal do mundo e da humanidade, quer pelos que se dedicam à ciência do passado e do tempo que passa, os historiadores.

A palavra latina monuentum remete para a raiz indo-européia men, que exprime uma das funções essenciais do espírito (mens), a memória (meminí). O verbo monere significa ‘fazer recordar’, de onde ‘avisar’, ‘iluminar’, ‘instruir’.  O monumentum é um sinal do passado. Atendendo às suas origens filológicas, o monumento é tudo aquilo que pode evocar o passado, perpetuar a recordação.

Nota: A luminária localizada no centro da praça Dr. Augusto Gonçalves da cidade de Itaúna/MG faz parte da História do município. Nesta pesquisa, reconhece-se a importância de inclusão no Patrimônio Cultural a ser preservado pela sociedade civil em conjunto com o Poder Público.


Referência:
Texto extraído do livro: História e Memória.  Jacques Le Goff, ed. Sp.A p., 1990, 283.
Pesquisa: Charles Aquino, Alexandre Campos
Fotografia e Organização: Charles Aquino


domingo, abril 22, 2018

MONUMENTO 2

MEMÓRIA & ESQUECIMENTO

Monumento situado no trevo do bairro Santanense às margens da Rod. MG – 050. Até o momento sem descrição e ou informações.

“A memória é um elemento essencial do que se costuma chamar identidade, individual ou coletiva, cuja busca é uma das atividades fundamentais dos indivíduos e das sociedades de hoje, na febre e na angústia”

Referência: GOFF, Jacques Le.  História e Memória, ed. Sp.A, p.250, 1990.
Pesquisa, Acervo e Organização: Charles Aquino

MONUMENTO 1


MEMÓRIA & ESQUECIMENTO
Busto do Tenente Coronel Manoel José de Souza Moreira sócio fundador da Companhia Tecidos Santanense.

“De fato, o que sobrevive não é o conjunto daquilo que existiu no passado, mas uma escolha efetuada quer pelas forças que operam no desenvolvimento temporal do mundo e da humanidade, quer pelos que se dedicam à ciência do passado e do tempo que passa, os historiadores. Estes materiais da memória podem apresentar-se sob duas formas principais: os monumentos, herança do passado, e os documentos, escolha do historiador”


Referência: GOFF, Jacques Le, História e Memória, ed. Sp.A p.283 ,1990.
Acervo: Charles Aquino, Prof. Marco Elísio
Organização: Charles Aquino

CÂMARA MUNICIPAL DE ITAÚNA

GALERIA DOS PRESIDENTES




Augusto Gonçalves Sousa, Dr.
1905/1908/1916/1918/1919
01
Antônio Pereira Matos
1912
02
Mardoqueu Gonçalves de Sousa
1921
03
Dario Gonçalves de Sousa, Dr.
1923
04
Arthur Contagem Vilaça, Cel.
1927
05
Alfredo Alves de Sousa
1947
06
Ademar Gonçalves de Sousa, Dr.
1949/1950
07
Lincoln Nogueira Machado, Dr.
1951/1952/1953
09
Raimundo Benedito de Faria
1954
10
Dr.Willian Leão
1955/1963
11
Dr. Célio Soares de Oliveira
1956
12
Thales Santos
1956
13
Walter Marques da Silva
1957/1960/1980
14
Jaime Nogueira Rodrigues
1958
15
Mauro Soares Nogueira
1959/1964/1965/1966
16
Argemiro Ferreira da Silva
1961
17
Vicente Nogueira Penido
1962
18
Dr. Guaracy de Castro Nogueira
1967/1968/1969
19
Manoel Gonçalves de Sousa
1970
20
Luiz de Oliveira Guimarães
1971/1972
21
João Viana da Fonseca
1977
22
Joaquim Antônio Diniz
1978
23
Augusto
1979
24
Dr. Marcos Elias
1981
25
Newton Penido
1982
26
Dr. José Simonini Filho
1983/1984
27
Dr. José Coelho Neto
1985
28
Dr. José Luiz Guimarães Filho
1986
29
Antônio Augusto da Fonseca
1987/1988
30
Walter Corradi
1989/1990
31
Luciano Penido
1991/1992
32
Elizabeth Coutinho Magalhães
1993/1994
33
Pedro Paulo Pinto
1995
34
Lindair Vicente de Resende
1996
35
Dr. Arthur Marques
1997/1998
36
Fábio Joaquim Gonçalves
1999/2000
37
Silmar Moreira
2001/2002
38
Delmo Gonçalves Barbosa
2003/2004
39
Orlando Eustáquio da Silva
2005/2006
40
Antônio de Miranda Silva
2007/2008/2009/2010
41
Édio Gonçalves Pinto
2011/2012
42
Alex Artur da Silva
2013/2014
43
Francis José Saldanha Franco
2015/2016
44




Referência:
Câmara Municipal de Itaúna: Galeria dos Presidentes 
Pesquisa: Charles Aquino, Alexandre Silva Campos
Organização: Charles Aquino